Geiser de Alpehue

Loading

DESCUBRA GÉISER DE ALPEHUE

logo

Los Geiseres de Alpehue correspondem a uma excursão com suave Canyming de subida pelos canions do Rio entre enormes montanhas de granito cheias de bosques e formações rochosas únicas. O objetivo é chegar ao Géiser do Queupude, localizada quase junto, acima do Volcão Nevados del Sollipulli, naturais de águas termais do Géiser misturadas com aguas do Río Queupude.

Período de funcionamento

Dezembro a Março

Horário de atenção

Variável


MEIOS DE PAGAMENTO

  • Dinheiro

CONTATO

    LOCALIZAÇÃO

    DISTÂNCIA ATÉ AQUI

    TEMPO DE VIAGEM

    ACESSIBILIDADE

    Trekking

    Vehículo

    ESTADO DA ESTRADA

    Bom

    TIPO DE ESTRADA

    23 km de Melipeuco, 5 km de pavimento, 12 km de cascalho e 6 km de caminhada.

    APRECIE NOSSOS SERVIÇOS

    INSTALAÇÕES

    Poços Naturales

    ATIVIDADES

    Excursões
    Fotografia
    Observação da vida selvagem
    Trekking
    Turismo Aventura

    GALERIA DE IMAGENS

    CARACTERÍSTICAS E PROMOÇÕES

    Certificações

    Verifique no escritório de turismo para prestadores de serviços de turismo registrados com SERNATUR que oferecem essa experiência.

    Temperaturas

    O geyser chega a 100ºC, fica com o rio criando agradáveis ​​piscinas naturais.

    Recomendações

    Para fazer a sua visita confortavelmente nas termas, lembre de levar toalha, roupa de banho e calçado apropriado. Por outro lado não esqueça que:
    • Cada banho não deve exceder 30 minutos de duração e deve alternar entre um quente e um frio.
    • O menor de idade deve ir acompanhado de um adulto.
    • As  mulheres grávidas devem ter precaução.
    • No caso de pessoas com pressão alta recomenda-se que  a temperatura da água não exceda os 36° C.
    • Recomenda-se esperar 2 horas depois de comer, antes de tomar um banho.
    Pela sua segurança e das demais evite utilizar objetos de vidro nas dependências das piscinas, assim como o consumo de bebidas alcoólicas. Caso necessite, recomenda-se verificar a admissão de animais de estimação.

    Deixe um comentário